#123 – Parece que somos livres

#123 – Parece que somos livres

Parece que somos livres, mas no fundo sentimos que esta liberdade é um sofisma e que estamos ligados em todos os pontos e cantos: às regras de jogo da sociedade, ao preconceito de nossa raça, nação ou grau de instrução ao qual pertencemos.

Talvez nos liguemos a um parceiro, ou estejamos profissionalmente ou religiosamente ligados a alguma forma.

Theo Fischer

Comente Aqui

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nome *